Depressão pós parto: é preciso falar sobre isso!

Olá mamães!!!

Trouxemos hoje para nosso blog um assunto que tem ganhado força e um pouco de luz, porém que ainda é visto com olhos de preconceito por muitas pessoas. A depressão em qualquer fase da vida deve ser vista com cuidado, respeito e muito carinho pelas pessoas que estão ao redor! Quando se trata da depressão pós parto, o assunto que por si já é delicado, acaba ganhando uma atenção extra, já que no cenário existe uma vida totalmente dependente de cuidados e alimento: o bebê.

Continuar lendo “Depressão pós parto: é preciso falar sobre isso!”

Anúncios

6 dicas para uma gravidez tranquila!

Olá mamães!!

Quando a mulher descobre que está grávida, naturalmente a sua vida se transforma tanto física quanto emocionalmente. Elencamos algumas dicas para que passar por essa fase de mudança seja mais confortável e tranquila possível!!!

IMG-20170425-WA0010

Continuar lendo “6 dicas para uma gravidez tranquila!”

É normal a gengiva sangrar durante a gravidez? Vem descobrir!

Pré natal odontológico.

A gestante pode ir ao dentista? Não é normal a gengiva sangrar durante a gestação?

Este termo, que pode soar tão estranho para alguns, é de extrema necessidade para o bem-estar e saúde da gestante e do futuro bebê. O Pré natal odontológico compreende o atendimento da futura mamãe desde o início da gestação, focando primeiramente na saúde bucal da gestante e em um segundo momento os primeiros cuidados com o neonatal.

CUIDADOS-GENGIVA-GESTANTE

Continuar lendo “É normal a gengiva sangrar durante a gravidez? Vem descobrir!”

Baby Organizer: VOCÊ CONHECE ESSE SERVIÇO?

Organizar o quarto para a chegada do bebê é um dos muitos preparativos da deliciosa maratona que vem pela frente, mas você sabia que essa organização é muito importante para a rotina do lar?

Ao estabelecer um lugar para cada item que fará parte do enxoval você não facilita somente a sua rotina, como também as das pessoas ao seu redor que estão lá para ajudar caso você precise de algo.

Quer um exemplo simples? A primeira gaveta da cômoda/trocador deve ser organizada exclusivamente com fraldas extras, bodys, meias, pomadas contra assadura e demais itens que você irá utilizar durante a troca, evitando assim um acidente caso você esqueça algo e precise deixar seu bebê sozinho por alguns segundos.

personal organizer mae na moda

Pensar em todos esses detalhes diante de tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo pode ser um grande desafio, porém uma profissão que surgiu nos Estados Unidos vem agradando muito as futuras mamães: Baby Organizer.

Não é simplesmente uma organização básica: a Baby Organizer é uma profissional treinada com técnicas específicas que se dedica a planejar, categorizar e identificar o espaço do bebê e os seus pertences, criando sistemas de organização adequados a nova rotina da família.

Você acha que esse serviço só existe em novelas ou na Tv? Nada disso, uma das parceiras do evento Só Para Gestantes que aconteceu em Indaiatuba/SP foi a Bia. Ela é personal organizer e sempre posta dicas nas redes sociais dela. Sigam!!!

 

Beatriz Dalla Vecchia Alves

Personal Organizer/Designer de Interiores

📲 (11)96476-9607 (WhatsApp)

💻 Ao Estilo B

Instagram: @aoestilob

 

O que é assessoria materna?

blog mãe na moda depressão pós parto

Você já ouviu falar sobre assessoria materna? Imagina o que seja esse tipo de serviço? O que será que uma assessora materna faz, os serviços que presta e a importância deles durante e após a gravidez?

Continuar lendo “O que é assessoria materna?”

Toda roupa de gestante precisa ter aquele elástico na barriga?

Somos tão habituadas a identificar as peças de gestante pelo elástico que elas possuem na barriga que logo quando mencionado ‘moda gestante’ imaginamos o vestido marcando bem a barriga com elástico ou laços, roupas mais largas e calças ou shorts com o cós que não permite usar cinto.

calca-social-gestante-mae-na-moda-detalhe

Continuar lendo “Toda roupa de gestante precisa ter aquele elástico na barriga?”

Os melhores aplicativos para a gravidez

Oieee!!

Como todas as Mães na Moda são extremamente antenadas e online, resolvemos listar alguns aplicativos que podem ajudar muito durante a gravidez com dicas e curiosidades!!

 

Escolham os que vocês mais gostaram e baixem. Desejamos que seja muito útil!!!

blog-mae-na-moda

Continuar lendo “Os melhores aplicativos para a gravidez”

Chá de Fraldas: quantas e qual tamanho eu peço?

Olá mamães gestantes de plantão!!

Vamos conversar um pouco sobre o chá de fraldas? Sabemos que muitas sentem dúvidas se devem ou não fazê-lo, pensam nos gastos com a festinha e também com os preparativos de decoração, lembrancinha e até mesmo em quem convidar.

Algumas mães até calculam os gastos do chá de fraldas e acabam optando por comprar as fraldas com o valor, já que os valores acabam ficando muito próximos.. Mas, o que ninguém te contou é que o seu descanso vale ouro!!! Rs. Os 10 min de ir até a farmácia ou até o supermercado mais próximo podem ser os únicos que você tenha para descansar enquanto o baby dorme e isso não há dinheiro no mundo que pague. Por isso vale à pena mesmo calcular certinho antes de qualquer decisão.

Continuar lendo “Chá de Fraldas: quantas e qual tamanho eu peço?”

Cesáreas: entenda o que mudou essa semana!

À partir de uma nova resolução do Conselho Federal de Medicina, a qual será publicada ainda essa semana no Diário Oficial da União, as gestantes que optarem pela cesárea terão direito de decisão apenas após a 39ª semana de gestação, ou seja, o procedimento só poderá acontecer após esse período.

blog mae na moda cesárea

O poder de decisão da mãe não muda e nem altera, a grande novidade é que só poderá acontecer após a 39ª semana completaO maior objetivo dessa norma é que o desenvolvimento da criança seja garantido e resguardado, pois entre a 37 e 39ª semana, é o período que o feto desenvolve o cérebro, pulmões e fígado. Portanto, o parto antecipado deverá ser feito apenas em situações em que exista indicação médica.

Outro ponto à se considerar é que o médico possui o direito de se recusar a realizar o parto em situação que a mãe insistir por cesárea e o olhar clínico dizer que é melhor o procedimento acontecer de forma normal. Segundo o Conselho Federal de Medicina, o médico só não pode recusar a fazer atos que discorda em situações de risco para a paciente.

Qual a opinião de vocês sobre a mudança?

 

A importância dos preparativos para a chegada do baby!

BeFunky_quarto-de-bebe-organizado.jpg

Oi queridas!!

Hoje vamos conversar um pouquinho sobre a importância da preparação do quartinho, da decoração, das comprinhas, enfim.. de tudo aquilo que antecede a tão esperada hora de ter o bebê finalmente em casa.

Cada vez que a mãe e a família se preocupam ou se remetem às necessidades do bebê é uma maneira de trazê-lo concretamente para a junto deles, ou seja, é uma oportunidade da imaginação já trazer aquele pitoquinho para o quarto onde vai ficar, usando as roupinhas e até mesmo já brincando, e dessa forma já ir ocupando o seu espaço dentro da família. E assim, tudo o que será só dele vai ocupando o espaço que ele não preenche por enquanto.

Organizar o quarto, decorar e lotar de mimos também pode ser uma forma da mãe se sentir competente perante as primeiras tarefas maternas, principalmente quando se trata do primeiro filho… Além disso, a conexão com o passado dos pais pode vir a tona, naquele sapatinho feito pela avó, no brinquedo que ‘sempre quis ter quando era criança’ e servir como uma fonte de conexão com o bebê, à medida que escolhe a cadeira de amamentação ou o trocador, que são móveis de extrema troca entre pais e bebê.

Diante dessas importâncias descritas, eu citaria uma como sendo a mais destacada para as mamães ansiosas… Dar atenção e focar nos preparativos, distrair com os detalhes pode ser uma boa maneira de diminuir a tensão e aquela ansiedade de ficar contando nos dedos o quanto falta para a chegada do bebê, principalmente no último mês; famoso por ser o mais longo da gestação, néé?? hehehe

Para as mães de segunda ou terceira viagem, é muuito legal incluir os filhos mais velhos nessa expectativa e na arrumação, pedir (e aceitar também) a opinião, deixar que ele escolha alguns detalhes, afinal.. ele também é parte da família e com certeza uma chance para que ele diminua o sentimento de ‘será que meus pais vão gostar mais do novo bebê do que de mim?’.

Vamos finalizar esse bate papo tranquilizando as mamães que não sentem vontade de arrumar o quartinho, de se preocupar com os detalhes, muitas vezes com aquelas que já passaram por perdas anteriores. Façam tudo conforme a vontade de vocês ordenar, não forcem do tipo ‘quarto mês preciso ver isso, quinto mês isso…’, claro que precisam se organizar, inclusive financeiramente, porém não forçar. Vejam como se sentem melhores, peçam ajuda de alguém em quem confiem e sintam-se seguras!

E para vocês, como foi? Contem pra gente!!

Até a próxima,

Beijinhos!!